Carta ao Pai Natal


Querido Cão Natal,

Este ano não te peço nada para mim. Tenho comida, água e amor. Afinal, não é o que todos precisamos mesmo?
Mas peço-te uma casinha para o Spot, para a Amélie, para a Daisy, para a Lila, para o Nick... para todos os Bobis do mundo que não sabem o que é o amor. Eles portaram-se bem o ano todo, merecem.
Peço-te uma taça de comida para quem tem fome, uma manta quentinha para quem tem frio, carinho, amor, respeito e dignidade para todos.
Peço que o abandono e os maus tratos acabem. Que nenhum inocente sofra por causa da maldade humana.
Tu sozinho, querido Cão Natal, talvez não me possas ajudar, pois sei que pedi muito, mas se os humanos bons te ajudassem, seria fácil! Se os bons se unissem, os maus não teriam hipótese...
Querido Cão Natal, que este ano seja o ano da mudança, e que a esperança e a força nunca se percam.

Lambeijos,
Golden, o cão

Carta ao Pai Natal My Golden Pet


Deixe um comentário


Tenha em atenção que os comentários precisam de ser aprovados antes de serem exibidos